Entre em contato

Enviar Mensagem

Arquivos Mensais: maio 2015

Integração Contínua
O valor da integração contínua 1/4

Um grande ambiente de desenvolvimento irá beneficiar tornando seus grandes desenvolvedores em excelentes desenvolvedores. Um ambiente ruim de desenvolvimento irá tomar a produtividade de seus desenvolvedores tornando-os ineficazes.

É especialmente importante para que cada time, e especialmente, os lideres desses times tenham seu ambiente de desenvolvimento em ordem. Para tal, duas grandes praticas têm ganho grande atenção nos últimos anos. Estamos falando do deploy continuo e da integração continua.

Nesta série de artigos, focando na integração continua, iremos procurar demonstrar as razões que fizeram a Zaez aplicar este conceito em todas suas aplicações, para assegurar a maior disponibilidade dos serviços para nossos clientes.

Os benefícios para a integração continua são:

  1. Reduzir riscos
  2. Reduzir processos manuais repetitivos
  3. Gerar sistemas que possam ser lançados a qualquer hora e lugar
  4. Melhorar visibilidade do projeto
  5. Estabelecer uma maior confiança no produto por parte do time de desenvolvimento

A primeira parte desta série procurar demonstrar como a integração continua pode reduzir a quantidade de riscos não somente durante o desenvolvimento, mas garantir que a versão em produção do sistema seja sempre estável.

Integração contínua reduz riscos

Ao integrar diversas vezes ao dia, é possível reduzir os riscos no projeto uma vez que facilita a detecção de defeitos, mede a saúde do projeto e reduz a necessidade de suposições

  • Defeitos são detectados e corrigidos mais cedo: Uma vez que a integração continua executa testes e inspeções várias vezes no mesmo dia, há uma grande chance que defeitos serão descobertos quando eles são adicionados (ex: quando o código é checado no repositório para controle de versão) ao invés de um teste no final do dia.
  • A saúde do sistema pode ser medida:  Ao incorporar testes contínuos e inspeções no processo automatizado de integração, os atributos referentes a saúde da aplicação, tais como complexidade e cobertura do código podem ser rastreados através do tempo
  • Reduzir suposições: Ao reconstruir e testar a aplicação em um ambiente limpo, utilizando as mesmas rotinas em uma base continua, você consegue reduzir suposições (exemplo: se você possuir bibliotecas de terceiros ou variáveis de ambiente)

Ao utilizar dos conceitos que a prática de integração continua introduz no ambiente de desenvolvimento, adquirimos uma rede de segurança que detecta erros que estão sendo introduzidos na base de código. Aqui na Zaez, através do uso de CI, conseguimos diminuir a ocorrência dos seguintes erros:

  1. Falta de software coeso, não lançável.
  2. Descoberta atrasada de defeitos
  3. Aplicações de baixa qualidade
  4. Baixa visibilidade do projeto

No próximo artigo desta série, irei abordar como a utilização da integração continua ajudou a diminuir a repetição de processos manuais através das aplicações, tais como compilação do código, integração do banco de dados, testes, entre outros.

Marketing LinkedIn
Porque o LinkedIn se tornou uma poderosa ferramenta de Marketing

O crescimento da internet como um poderoso canal midiático possibilitou um grande impacto no mundo dos negócios, trazendo consigo oportunidades diversas e interessantes para alavancar uma marca ou serviço.

Porém, como em toda revolução social há ainda diversas divergências de adaptações e exploração dos canais. Quando pensamos em redes sociais logo lembramos do famoso Facebook. É difícil encontrar hoje em dia, uma marca que não possua uma página nesta rede social, mesmo que não à alimente periodicamente, elas estão por lá. Nem o Facebook ou a estratégia de conteúdo é o foco deste artigo, mas optei em usá-lo para exemplificar o quanto é comum ás marcas se cadastrarem nas redes sociais para potencializar suas estratégias de Marketing e chegarem até o seu consumidor-alvo.

Porém, outra Rede Social que cresceu muito aqui no Brasil nos últimos anos potencializando um excelente canal para estratégias Marketing é o LinkedIn. Dado exposto, já identificamos desde o inicio de 2015 o quanto as marcas estão explorado está rede social, através de anúncios, ebooks entre outras ações para convencer novos usuários para rede.

Dados recentes do LinkedIn no Brasil apresentam que a rede já ultrapassou a marca de 20 milhões de usuários cadastrados. E esse número vem aumentando a cada dia. É importante lembrarmos que é uma rede social muito diferente do Facebook, e tem uma característica profissional muito forte mesmo que as pessoas lá cadastradas também usem o Facebook, nesta rede social seu comportamento é muito distinto.

Além de ser uma ferramenta de relacionamento completa, com todos os recursos possíveis, vídeo, áudio, fotos e textos. O marketing corporativo no LinkedIn propicia um ambiente e condições ideais para geração de leads, exposição da marca e criação de novas oportunidades de negócios.

Saiba as principais ferramentas para Marketing no LinkedIn

1. Company Pages

É uma página que potencializa presença corporativa da marca nesta rede social, nela as marcas podem desenvolver um ambiente de apresentação formal da empresa, com conteúdos para seus seguidores, compartilhar seus valores e converter fãs para marca. Lembra um pouco do modelo das Fan Pages no Facebook, só que tem outra abordagem e formato de alcance de público.

Importante: Nas Company é preciso um bom conteúdo com foco no interesse profissional do teu seguidor, com uma boa apresentação gráfica, informações relevantes sobre a empresa e atualização constante de conteúdo.

2. ShowCase Pages

É uma ferramenta recentemente adicionada para as Company Pages que foi lançada em Novembro de 2014, em substituição à aba de Produtos e Serviços, também habilitando a possibilidade de disponibilizar vagas de trabalho na página.

De acordo com o próprio LinkedIn a idéia de incorporar as Showcases Pages é de ajudar as empresas destacar os diferentes aspectos de seus negócios e construam relações com uma comunidade específica. “Seja uma marca, uma unidade de negócios ou uma iniciativa, seguir uma Showcase Page irá lhe fornecer as atualizações que você mais estiver interessado”.

Para as empresas que desejam montar uma Showcase Page, primeiro necessitam identificar quais áreas precisam de uma Showcase Page. Depois basta ir ao menu “Edit” e selecionar “Criar uma Showcase Page”. Criada a página, as empresas já podem começar a compartilhar conteúdos e usar as ferramentas de análises para monitorar o desempenho da página. (Fonte Canaltech)

3. LinkedIn Ads

O LinkedIn Ads são a forma de publicidade na rede ou seja, os links patrocinado. Eles funcionam de forma parecida com a dos Facebook Ads e são uma ótima ferramenta para divulgação de produtos e serviços dentro do LinkedIn. Principalmente pela ótima possibilidade de segmentação do público para o qual os anúncios serão exibidos.

  1. Nome de empresas
  2. Setor e tamanho da empresa
  3. Funções e nível de experiência dos participantes da rede
  4. Instituições de ensinos
  5. Gênero e faixa etária

4. Grupos do LinkedIn

Com estes recursos podemos criar campanhas específicas para cada grupo de pessoas que queremos atingir e com isso trazer muito mais retorno para as campanhas.

 

Para finalizar, apenas sugiro aos profissionais de Marketing ou gestores que pretendem usar o LinkedIn, para que tenham cautela pois, é uma rede social estreita a um marketing pessoal, para um possível recolocação e debates entre profissionais, mas como vimos no texto há muito espaço para a criação de ações de marketing. É uma questão de conhecer as ferramentas disponíveis e criar as estratégias necessárias para atingir a seus objetivos mercadológicos.

 

istitucional-x-Propaganda
Vídeo institucional ou propaganda?

Rodeando a internet, em busca de mais conhecimento, vi um artigo interessante sobre as diferenças de vídeos institucionais e propaganda. Você sabe qual é a principal diferença entre eles? Saberia identificar um ou o outro? O interessante é que ambos são bem parecidos, mas com um diferencial enorme, deu pra entender? Se não continue lendo o artigo que vou explicar melhor.

Vídeo Institucional

O Vídeo Institucional tem a finalidade de promover somente a empresa, sem apresentar produtos, valores em dinheiro ou qualquer coisa relacionado a vendas. O institucional tem como objetivo principal a propagação dos valores da empresa. Lembra quando escrevemos de identidade visual e id. corporativa?

Onde a Id. Corporativa tinha como objetivo criar os valores internos da empresa? Criar missão, visão e valores, transparecendo o que a empresa ou o negócio realmente é, e para que ele veio? Pois bem, o vídeo institucional serve para isso, ele irá propagar a identidade corporativa da marca. Sem promover a venda de qualquer produto, claro que realizando um vídeo você pode criar um inconsciente de lembrança na cabeça dos consumidores e por consequência ocorrer uma compra, mas esse não é o objetivo principal.

Para ficar mais claro, vamos dar um exemplo. No meio de 2014 realizamos o ensaio fotográfico para um de nossos clientes. As fotos foram feitas para o catálogo de produtos onde, por meio dele, será realizado vendas com representantes/revendedores. Para promover essa ação e interagir entre os consumidores da marca, criamos junto um vídeo institucional mostrando como foi realizar esse vídeo:

O produto não é apresentado para vender, no vídeo mostramos apenas os processos realizados para criamos um produto de vendas. Mostramos o interior e a rotina do nosso cliente a fim de criar emoções e assim ocorrer a venda final.

Propaganda em Vídeo

Já a propaganda em vídeo, não é a ID. Visual e muito menos a Corporativa. Apesar de caminharem juntos, o vídeo de propaganda é simplesmente para promover um produto a fim de aumentar sua venda. A propaganda em vídeo tem a finalidade de mudar a percepção das pessoas.

A propaganda tem uma mensagem mais simples e direta, diferente do vídeo institucional. Ela quer influenciar o consumidor, e são de maior entendimento.

Se sua intenção é aumentar as vendas, o vídeo institucional pode ajudar, mas a propaganda em vídeo irá servir muito mais!

 

Para finalizar, basicamente o vídeo institucional irá mudar o modo com que as pessoas irão ver sua empresa, o modo como elas pensam, já a propaganda em vídeo você irá mudar o modo das pessoas agirem. Concluímos que trabalhar com ambos, um seguido do outro pode ajudar na fidelização do seu cliente.

Curtam e compartilhem, até a próxima!


Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, function 'addcopy' not found or invalid function name in /home/zaez/public_html/wp-includes/plugin.php on line 503